O que a toxina botulínica faz?

Um dos procedimentos mais procurados nos consultórios é o de eliminação de rugas e de marcas de expressão. Estes sinais podem aparecer de diversas formas e, em todas elas, impactam diretamente na autoestima de homens e de mulheres. Daí, portanto, a razão do crescente número de pessoas dispostas a se submeter a soluções que prometem suavizar, ainda que temporariamente, seus efeitos. A toxina botulínica, que tem ação local e que paralisa os músculos da região aplicada, é a principal delas. É sobre isso o que falaremos no artigo de hoje.

O que é toxina botulínica, afinal?

Também conhecida como Botox, Dysport e Xeomin, alguns de seus nomes mais conhecidos comercialmente, a toxina botulínica é indicada para o tratamento de rugas finas e médias na testa, abaixador do ângulo da boca (este conhecido como “linhas de marionete”) e plastima (pescoço), só para citar apenas três de suas aplicações.

Devido ao seu caráter menos invasivo, é o procedimento antirrugas mais adotado hoje em dia.

De que forma ela age?

A sua atuação se dá, basicamente, na musculatura, uma vez que é ela a responsável pela formação de rugas, não a pele, como muita gente acredita. A injeção de toxina botulínica paralisa o músculo e isso se dá através do bloqueio dos sinais nervosos, de modo que não aconteça a passagem de uma substância chamada acetilcolina. Quando a liberação desta substância acontece, o estímulo nervoso que tem início no cérebro, tem como ponto final o músculo, que se contrai. A partir do momento em que há esse bloqueio, os sinais nervosos são paralisados, não havendo, portanto, a contração muscular.

A importância de um bom profissional

Para que aconteça a paralisação muscular e o seu consequente relaxamento – temporário, é importante dizer –, é fundamental recorrer a um profissional verdadeiramente capacitado, de modo que o músculo certo receba a dose necessária de toxina botulínica e para que não haja ameaça alguma à saúde do paciente.

Atenção: não confunda relaxamento temporário com paralisação permanente da face. A toxina botulínica é eficaz justamente por impedir que o músculo se contraia, mas isso se dá de forma natural, isto é, sem comprometer as expressões de quem a recebe.

Duração, efeito e resultado

O procedimento tem duração média de 4 a 6 meses, podendo variar de acordo com cada organismo. O efeito se dá depois de 72 horas e o resultado final, por sua vez, aparece em 14 dias, período em que é realizada uma revisão médica que avalia a receptividade do tratamento estético e se levanta a possibilidade de algum tipo de correção, quando necessário.

A quem é indicado o procedimento?

A injeção de toxina botulínica é indicada a homens e mulheres, preferencialmente a partir dos 25 anos, descontentes com a aparência, ou melhor, com o impacto de rugas e marcas de expressão e o incômodo que provocam. Antes de optar por ele, é de extrema importância consultar um especialista, de modo que seja avaliado o caso e indicado o tratamento adequado. Tratamentos alternativos, como peeling e laser, por exemplo, podem ser sugeridos também, mas para isso, é necessário fazer uma precisa avaliação profissional.

Quer saber se a toxina botulínica é o tratamento mais indicado para você? Então entre em contato conosco para que possamos fazer uma avaliação personalizada e que atenda melhor o seu interesse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *