Preenchimento com ácido hialurônico: Quando preciso fazer?

Antes de qualquer coisa, uma pergunta: você sabe o que é ácido hialurônico? Ácido hialurônico nada mais é do que uma substância contida nas nossas células e que é responsável por dar volume à pele, por lubrificar as articulações e por preservar a sustentação por meio das fibras de colágeno. É ele que mantém os espaços entre as células hidratados e, desta forma, garante que a pele tenha elasticidade. Com o tempo, isto é, conforme vamos envelhecendo, o nosso corpo diminui a produção desse ácido e, consequentemente, ocorre a perda de tal elasticidade. Com perda de hidratação, a pele torna-se um território propício para o surgimento de rugas e vincos. É aí, então, que o preenchimento se faz necessário.

De que maneira é feito esse preenchimento?

Ele é feito com agulhas. No caso da aplicação em olheiras, uma agulha especial é utilizada: a microcânula. Esta não tem ponta e o preenchimento se dá por meio de uma abertura lateral, sem cortes, de modo que ele aconteça uniformemente, o que gera um resultado mais natural.

Quais são as aplicações mais comuns?

Uma das aplicações se dá em uma marca de expressão conhecida como bigode chinês, caracterizada por traços no canto do nariz ao canto da boca e que deixam, sobretudo as mulheres, com um aspecto envelhecido. O aumento de bochechas, também usado para o preenchimento de mãos, são mais dois exemplos de procedimentos mais comuns.

O preenchimento de ácido hialurônico se dá em depressões não muito profundas da pele, como, por exemplo, os que dão volume aos lábios, os dos sulcos nasojugais (estes são os que provocam a formação de olheiras) e, entre outros exemplos, o preenchimento de pequenas rugas que dão origem ao que popularmente conhecemos como pé de galinha, cuja aplicação pode ser feita por meio de botox ou por um procedimento conhecido como skinbooster.

Tais procedimentos são indicados para dar volume à pele, para corrigir pequenas imperfeições e para estimular a produção de colágeno,substância que, assim como o ácido hialurônico, tem a sua produção reduzida ao longo dos anos.

Há rejeição à substância quando a aplicação é feita?

É raro, mas pode acontecer. O procedimento, basicamente, faz a reposição em locais onde a hidratação já não ocorre naturalmente como antes. Em alguns casos, a área aplicada pode ficar avermelhada, endurecida ou com pequenos hematomas, mas tais reações não são tão comuns.

Quando é possível ver o resultado do procedimento?

Tão logo é feito o tratamento, que dura, em média, de 15 a 60 minutos, o resultado é notado. Por se tratar de um procedimento feito mais na superfície da pele, o processo de recuperação é rápido (em torno de uma semana), uma vez que tal preenchimento não requer suturas e também por não provocar inchaço na região aplicada. A recomendação feita a quem se submete a esse tratamento é o de fazer uso de compressas frias no local.

Por fim, é importante lembrar que, por mais simples sejam os procedimentos, é indispensável que eles sejam feitos por um profissional qualificado para que o resultado esperado apareça. Ficou interessado em saber mais detalhes sobre o tratamento e quais aplicações são mais indicadas para o seu caso? Então entre em contato conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *